"Aço"

A cada dia acelera meu crescimento
 Deus  como peço pra voltar ao passado.
Como naquela fotografia  
Quando foi que eu comecei a envelhecer?
Quero o sorriso do perdão e a Inocência que o mundo  me tirou.
Quero o verão do primário 
O papai noel da minha imaginação 
Quero meus 7 anos e meus irmãos.
Senhor o que me fez aquele mundo por trás das portas? 
Quem é essa criança que se veste de adulto,
que enxergo  no meu espelho?
Espelho da vida frágil.
Criança [eu] que lembro da infância alegre pra renovar e enfrentar  o mundo de aço 
Que vive a me desafiar.

Yulla Rodrigues. 

2 comentários:

  1. Ameeei *--* Muito bom!! Parabéns floor :D

    ResponderExcluir
  2. paradoxo de infancia perdida e saudade do minho... adorei

    ResponderExcluir